A m80 em Direto

07h às 11h
Redação
30 abril 2021, 13:50
Partilhar

Alguns pássaros machos fingem ter cor diferente para atrair fêmeas

Patrice Bouchard/Unsplash
Investigadores descobriram que há uma espécie de pássaros que consegue alterar a cor das penas para parecerem mais atraentes para as fêmeas. 

Um estudo divulgado esta semana revela que os pássaros machos da espécie exótica “tanager” conseguem voar sob cores falsas e assim atrair mais fêmeas. 

Estes pássaros são conhecidos por terem penas pretas profundas, com salpicos de cores muito atraentes, como amarelo vivo, laranja, azul ou vermelho. 

Esta semana, um grupo de investigadores publicou um estudo na revista Scientific Reports a dar conta que alguns destes pássaros podem falsear essas cores. 

Na prática, as fêmeas sentem-se mais atraídas e escolhem os parceiros com base nessas cores vibrantes porque significam que os machos estão de boa saúde. Para obterem esses tons nas penas, os pássaros têm de ter uma boa dieta, ou seja, alimentarem-se de muitos frutos para absorverem o máximo de carotenoides que permitem dar cor e brilho às penas. 

Há vários anos que os cientistas acreditam que estes pássaros enviam sinais de que estão em boa forma e que podem ser bons parceiros através do brilho das penas. No entanto, para obterem essas cores é preciso gastar tempo e energia, para encontrarem os alimentos indicados. Este novo estudo revela agora que os machos desta espécie têm uma estrutura de penas mais sofisticada e conseguem falsear essas cores, torná-las mais brilhantes sem que necessariamente tenham ingerido mais carotenoides. 

Apesar de ser uma capacidade incrível e que mais uma vez nos mostra como é que a Natureza pode ser tão surpreendente, Allison Shultz, curadora de pássaros no Museu de História Natural de Los Angeles explica que um dos riscos deste comportamento é o facto de estes pássaros precisarem de muita energia para fazerem esta conversão das cores. 

RÁDIOS DIGITAIS