A m80 em Direto

07h às 11h
Agência Lusa
05 maio 2021, 14:11
Partilhar

Rúben Amorim tem castigo suspenso e pode estar no 'banco' frente ao Rio Ave

LUSA
Já no caso de João Palhinha, foi o Tribunal Central Administrativo do Sul que aceitou a providência cautelar para despenalizar o médio do Sporting, permitindo que defrontasse o Benfica (vitória por 1-0, em 01 de fevereiro, para a 16.ª jornada), depois de ter visto o quinto cartão amarelo na visita ao Boavista (triunfo por 2-0, na ronda anterior).

Os seis dias de castigo impostos a Rúben Amorim foram suspensos, após recurso do Sporting, podendo o treinador sentar-se no banco de suplentes frente ao Rio Ave, na 31.ª jornada da I Liga de futebol, confirmou hoje fonte do clube.

Contactada pela Lusa, fonte do emblema 'leonino' confirmou o recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que, dada a impossibilidade de reunir o colégio arbitral em tempo útil, remeteu a decisão sobre a medida cautelar para o Tribunal Central Administrativo do Sul, que suspendeu o castigo.

Desta forma, Rúben Amorim, que na segunda-feira foi punido com seis dias de suspensão, por declarações sobre a sua expulsão no clássico com o FC Porto, em 17 de outubro de 2020 (empate 2-2, no Estádio José Alvalade, na quarta jornada do campeonato), vai poder hoje integrar a ficha de jogo.

O Sporting, líder destacado do campeonato, com 76 pontos, mais seis do que o campeão FC Porto, segundo classificado, visita hoje o Rio Ave, a partir das 21:15, num encontro que vai ser arbitrado por Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.

Já no caso de João Palhinha, foi o Tribunal Central Administrativo do Sul que aceitou a providência cautelar para despenalizar o médio do Sporting, permitindo que defrontasse o Benfica (vitória por 1-0, em 01 de fevereiro, para a 16.ª jornada), depois de ter visto o quinto cartão amarelo na visita ao Boavista (triunfo por 2-0, na ronda anterior).

Posteriormente, em 16 de março, o TAD acabaria por dar razão a Palhinha, atendendo a que o árbitro da partida com os 'axadrezados', Fábio Veríssimo, admitiu ter errado ao admoestar o jogador dos 'leões'.
 

RÁDIOS DIGITAIS